jogos hoje no brasil

BLACK FRIDAY: ASSINE a partir de R$ 1 por semana
Continua após publicidade

FDA alerta: há Ozempic falsificado no mercado

Agência americana emitiu alerta sobre 'milhares de unidades' apreendidas; agulhas também foram adulteradas

Por Paula Felix
26 dez 2023, 16h55

Medicamento em alta no mundo por levar à perda de peso, o Ozempic foi novamente alvo de falsificações e está na mira da Food and Drug Administration (FDA), que emitiu alerta sobre o recolhimento de “milhares de unidades” falsas do remédio da farmacêutica Novo Nordisk.

Em comunicado divulgado na semana passada,  a agência reguladora americana informou que até as agulhas foram adulteradas, algo que compromete ainda mais a segurança do produto e oferece riscos adicionais aos usuários das canetas de semaglutida, indicadas para diabetes tipo 2 e usadas por pacientes com obesidade.

Em comunicado, a FDA disse que cinco episódios de eventos adversos relacionados com o lote falsificado foram identificados e que os pacientes apresentaram enjoos, vômito, diarreia, prisão de ventre e dores abdominais. Não houve relato de casos graves e os sintomas são semelhantes aos efeitos colaterais da medicação verdadeira.

Testes com os produtos apreendidos estão sendo realizados pela agência e pela farmacêutica. Em relação à falsificação das agulhas, a FDA explica que a adulteração não permite comprovar que essa parte do produto, que é injetável, foi devidamente esterilizada.

Continua após a publicidade

“Isso apresenta um risco aumentado de infecção em pacientes que fizerem uso dos produtos falsificados”, disse a agência.

A FDA afirmou que continua as investigações sobre a comercialização de semaglutida falsificada e alertou que versões adulteradas ainda podem estar disponíveis para venda.

Ozempic falso no Brasil

Em outubro deste ano, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) foi notificada pela farmacêutica Novo Nordisk sobre a circulação no Brasil de um lote falsificadodoOzempic. Em resolução publicada no Diário Oficial da União (DOU), a agência informou que a farmacêutica informou que não reconhecia o lote LP6F832 como original, o que configura a falsificação. Casos de produtos irregulares já foram relatados no Reino Unido e países da Europa.

Continua após a publicidade

Segundo a Anvisa, outro episódio tinha sido notificado em junho deste ano, com o lote MP5C960, também informado pela farmacêutica. Em ambos os casos, a agência determinou a suspensão de comercialização do produto.

Popularizado por celebridades, que divulgaram erroneamente o medicamento como emagrecedor, lotes falsos do Ozempic foram encontrados na Europa. Também em outubro, a Agência Europeia de Medicamentos (EMA, na sigla em inglês) emitiu alerta sobre a existência de versões adulteradas das canetas de semaglutida 1 mg com rótulos em alemão e provenientes da Áustria e da Alemanha.

Na Áustria, o produto irregular causou graves problemas para os pacientes. A autoridade sanitária austríaca informou que recebeu relatos de pessoas que foram hospitalizadas por terem apresentado convulsão e hipoglicemia após o uso. “É uma indicação de que o produto continha falsamente insulina em vez do ingrediente ativo semaglutida.”

Continua após a publicidade

arte Ozempic

Publicidade
jogos hoje no brasil Mapa do site
jogos hoje no brasil Mapa do site