jogo água e fogo 360

Assine jogo água e fogo 360 por R$2,00/semana
Imagem Blog

jogo água e fogo 360 Gente Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Valmir Moratelli
Notícias sobre as pessoas mais influentes do mundo do entretenimento, das artes e dos negócios
Continua após publicidade

A enrascada nada engraçada na qual Fabio Porchat se meteu

Apresentador de ‘Que história é essa, Porchat’ mostra casa nova enquanto é criticado nas redes por defender humor preconceituoso

Por Valmir MoratelliMateria seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
22 Maio 2023, 11h00

Desde a semana passada, o nome de Fabio Porchat circula nas redes sociais e fóruns da internet sendo atacado sem tréguas. Até parece que foi ele o alvo de recente decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP). Explica-se: a Justiça proibiu um especial do humorista Leo Lins publicado no final de 2022 e que já contava com 3,3 milhões de acessos no YouTube. No pedido atendido pela juíza Gina Fonseca Correa, o Ministério Público de São Paulo alegou que Lins reproduz “discursos e posicionamentos que hoje são repudiados”. O especial censurado contava com piadas sobre escravidão, intolerância religiosa, minorias, pessoas idosas e com deficiências.

Porchat, que em princípio não tinha nada a ver com a história, foi às redes sociais criticar a decisão da Justiça, o que chamou de censura ao especial de Lins. “Não gosta de uma piada? Não consuma essa piada. Se a piada não incitou o ódio e a violência, ela é só uma piada. Tem piada de todos os tipos, de pum e de trocadilho, ácida e bobinha. Tem piada de mau gosto? Tem também. Tem piada agressiva? Opa. Mas aí é só não assistir. Quem foi lá assistir ao Leo Lins adorou. Riram muito. Quem não gostou das piadas são os que não foram. Pronto, assim que tem que ser. Ah, mas faz piada com minorias…”.

São tantos erros na fala de Porchat, que a coluna vai se concentrar nos dois principais: O limite do humor não é o público quem dá, é quem o produz, ou seja, o humorista. Então não é cabível o papo simplista de “não gosta, não consuma”. Até porque ninguém vai a um show de humor já sabendo a piada. Assim como ninguém sai de casa julgando que vai ver um filme ruim no cinema. Outro ponto a ser levantado é que as piadas de Lins incitam sim o ódio, logo não são “apenas uma piada”, são discursos homofóbicos, etaristas, capacitistas e machistas.

No auge do seu privilégio, demostrando apenas preocupação com a casa nova nas redes sociais – até como estratégia para esquecerem a polêmica, Porchat escreve um capítulo sem graça em sua recente história de sucesso. É pena. Que história descabida é essa, Porchat?

Continua após a publicidade

 

 

Publicidade

jogo água e fogo 360 Mapa do site

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por jogo água e fogo 360.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.

jogo água e fogo 360 Mapa do site